Porque levar assim meu coração?
Se o mesmo há muito te pertencia.
Acreditei que serias meu para sempre.
Engano meu...você se foi sem dizer adeus.
A cada grito meu, distanciava-se mais de mim.
Clamei para o mundo inteiro.
Que te amo...todos ouviram.
Só você não ouviu.
Já não escuto mais, os meu próprios gritos.
Apenas minha alma, os escuta...
Meu coração, que hoje vivi em seu peito.
Ama-te, mesmo sem mim!

 

  (Diná Fernandes)




 Envie esta página para alguém.

Seu e-mail:

Seu nome:

e-mail do seu amigo: