Amada em Vales de Hebrom

 

 

tua mesa, respiro flores,
alimento sonhos,
degusto matizes.
Encantador o amanhecer,
porque perfuma e brilha nardo
do mais cintilante jardim.
 
Entre bolhas de amor,
o beijo da minha amada
saltita em saquitel de mirra.
Perfuma e suspira
o mais puro alento
de o melhor viver.
 
O toque da minha amada
chega entre carinhos,
como flores de hena
das vinhas de En-Gedi.

 




Autor: Wanderlino Arruda
 

voltar

 

 

Celi Poesias