Tenho um monte de sonhos na alma.
Esta tarde no sei por que este cu disse
seu nome, me. que deveria pronunciar
seu nome como se fosse uma prece; minha
mezinha, como um sonho.

Tenho um monte de sonhos na alma, me.
E voc est dentro de mim com sua ternura
esta tarde.

Me: minha voz muito pouco;
apenas uma chama que pretende
chegar inutilmente sua alma.


( Manuel J. Castilla )




Envie essa pgina a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo


voltar

Celi Poesias